Reader Comments

Disfunção sexual mulheres

by Robson Silva (2018-03-16)


Disfunção sexual nas mulheres

Muita gente pensa que disfunção sexual é algo tipicamente masculino, no entanto, é mais incidente no público feminino do que se possa imaginar.

Compreendendo a disfunção sexual

A sexualidade como todo está relacionada as resposta físicas e emocionais que uma pessoa tem e como isso faz com que ela se sinta e pense sobre si mesma. Não é algo simplesmente relacionado a carne.

Por isso, quando uma mulher começa a sofrer com problemas que afetam o seu desempenho sexual, ela pode acabar por ter disfunções sociais que afetem a relação com outras pessoas e baixa autoestima.

O problema ainda é um tabu nos consultórios médicos, pois muitas mulheres ainda sentem muita dificuldade para abordar o tema, e há também uma grande quantidade de médicos despreparados para lidar com a situação de uma forma geral. Assim, elas continuam a sofrer em silêncio por longos períodos de tempo.

A disfunção sexual e o sexo

Quando se pensa na atividade sexual que uma pessoa possui é interessante compreender aquilo que a compõe, ou seja, as carícias, masturbação, sexo oral, penetração, entre outros. Nesse sentido, também é importante que as mulheres são diferentes umas das outras, isso envolve a forma como se relacionam com a situação e gosto pessoal quanto a condução do processo.

Tudo aquilo que um mulher pensa pode mudar ao longo da vida, ou por pelo menos um período de tempo, normalmente ligada a algum outro tipo de situação. Nesse casos ela pode sofrer com a disfunção sexual. Dentre os sintomas que possível podem aparecer, estão:

  • Falta de desejo;
  • Dificuldade de sintonia com o parceiro;
  • Incapacidade para chegar ao orgasmo;
  • Dor durante a penetração.

Se alguns desses sintomas se tornarem persistentes, é necessário procurar um médico. Embora seja um produto para tratar disfunção em homens, muitas mulheres tem relatado que o extra force erectill funciona para elas também.  

Outra informação que é importante saber é como funcionam os estágios da relação sexual, em um contexto “normal”. Ele deve partir de uma situação de excitação, na qual a vontade de ter sexo estimula reações físicas para facilitar o ato. Com isso, o sangue irriga a região dos genitais que tendem a aumentar de tamanho ao mesmo tempo que uma secreção umedece a região.  Com a penetração, estímulo do clitóris, ou outra situação que eleve ainda mais o nível de excitação, nasce o orgasmo, que é o pico da resposta sexual.

Após todo o processo, quando vem o relaxamento, a pessoa retorna para seu estado normal.

Principais causas da disfunção sexual nas mulheres

Como já foi dito, são várias as circunstâncias que podem levar uma mulher a sofrer com a disfunção sexual, mas dentre as principais causas estão:

  • Causas Psicológicas;
    • Estresse relacionado ao trabalho ou família;
    • Preocupação com a performance sexual;
    • Depressão;
    • Ansiedade;
    • Problemas relacionados à orientação sexual, muitas vezes sem conhecimento profundo;
    • Traumas ligados a experiências sexuais;
    • Problemas com a própria imagem;
    • Baixa autoestima;
    • Causas físicas
      • Diabetes;
      • Doenças do coração;
      • Doenças hepáticas;
      • Doenças dos rins;
      • Cirurgia pélvica;
      • Problemas neurológicos;
      • Efeitos colaterais de algum tipo de medicamento;
      • Menopausa;
      • Gravidez;
      • Alterações hormonais;
      • Problemas na tireoide;
      • Excesso no consumo de álcool e drogas.